Sábado, 4 de Abril de 2009

A GUERRA - 1961 - QUITEXE

 

Estamos metidos num Gueto
Mesmo à beira do barranco
Mata-se o Branco por ser Branco
E o Preto só por ser Preto
 
A Guerra tudo destrói
E com a sua crueldade
É uma chaga que dói
N a vida da humanidade
 
O Homem fica demente
Perde o uso da razão
Deixa mesmo de ser gente
Vira abutre ou gavião
 
No horror da luta armada
Jaz no chão uma Criança
Desventrada à catanada
 
Ó meu Deus, como consentes
Tanto ódio acumulado
Tanta morte de inocentes
Tanto sangue derramado
publicado por Quimbanze às 22:27

link do post | comentar | favorito
|

.links

.posts recentes

. As Eleições de 1969 e a o...

. A GUERRA - 1961 - QUITEXE

. O TERRORISMO

. EM MEMÓRIA AOS VELHOS DO ...

. RECORDAÇÕES

. Homenagem

.arquivos

. Novembro 2016

. Abril 2009

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

.mais sobre mim

.Mapa

satelitní mapu Quitexe
blogs SAPO

.subscrever feeds